A TUNA

Gestrintuna

História

Criada em julho de 2005 por formadores do Pólo de Formação da ActualGest, sedeada em Gondomar, passou em Janeiro de 2006 a fazer parte da ACAR - Associação Cultural e Artística Radicarium.

Desde então, a Gestrintuna tem procurado prestigiar e divulgar a música popular portuguesa, em especial a música de cariz académico, divulgando-a, quer pelas bonitas regiões de norte a sul e arquipélagos de Portugal, quer além fronteiras onde tem também procurado promover a imagem de marca da Região do Douro.

No seu historial, a Gestrintuna organiza em 2006 o seu primeiro Festival de Tunas, apadrinhado por uma Tuna da vizinha Espanha.

Em 2007, efetua a sua primeira digressão além - fronteiras, atuando em várias cidades de Itália.

Em 2009, grava o seu primeiro registo musical, o primeiro CD, intitulado "Trintuno" e efetua uma digressão à ilha de S. Miguel no arquipélago dos Açores.

Em 2014, efetua uma digressão às cidades de Liverpool, em Inglaterra e Wrexham, no País de Gales.

Em 2015 o Festival de Tunas, organizado anualmente pela Gestrintuna, foi inserido na programação cultural das festas do Concelho de Gondomar e passou a denominar-se "Tunas na Festa". O êxito deste evento, já na sua VI edição tem garantido a presença e representação de múltiplas Tunas e outras tantas regiões, nas Festas do Rosário, proporcionando a nível cultural e musical, uma divulgação, partilha e enriquecimento mútuo.

Em 2016, grava o seu segundo trabalho musical intitulado "Tuna D'Ouro", que é apresentado com pompa e circunstância no Pavilhão Multiusos de Gondomar.

Em 2018, efetua uma digressão à ilha Terceira no arquipélago dos Açores, onde estabelece empatia com o Grupo de Violas da Casa do Povo de Santa Bárbara. A amizade gerada, motiva a vinda deste Grupo ao continente e promove que a Gestrintuna seja o anfitrião no seu acolhimento, apresentação e divulgação aquando da sua visita.

Com um gosto forte pela música, uns mais velhos do que outros, já envelhecidos em casca de carvalho (tal como o vinho do Porto) têm também a paixão das serenatas, pois apesar de charmosos e mentirosos, a dez metros de distância (sobre a mão de Baco) a qualquer donzela, irradiam luz e uma saudade dos tempos de estudante.

Membros

Atuais

VOZ: Emanuel Mota e Fernando Oliveira

VIOLA BRAGUESA: David Sousa

CONTRABAIXO: Filipe Almendra (Magister)

CAVAQUINHO: António Ramalho, Jorge Silva, Leonardo Cunha, Alexandre Dias

GUITARRA: César Domingues, Emanuel Gomes, José Alberto Machado, José Norim, Miguel Moura, Perfeito Batista, Serafim Teixeira, José Albertino e Pedro Sousa

BANDOLIM: António Marques, Vasco Vieira, Hélder Mendes e Vitor Ribeiro

ESTANDARTE: Armando Castro

GUITARRA PORTUGUESA: Joaquim Viterbo

SECÇÃO RÍTMICA: Antenor Areal, David Neves, Joaquim Teixeira, Pedro Gomes, Vítor Brito e Vitor Neves

ACORDEÃO: Fernando Fonseca e Francisco Melo

IMG-OUR

IMG-OUR
IMG-OUR
Antigos

Elementos

André Silva, António Lima, Arnaldo Pedro, Bruno Fonseca, Cândido Xavier, Carlos Machado, Carlos Oliveira, Cristovão Lopes, Daniel Cruz, Daniel Silva, Duarte Pinto, Eduardo, Emmanuel Garrido, Gil Vale, Hugo Gandra, Humberto Oliveira, Joaquim Louro, Joaquim Soares, Jorge Ferreira, José Iglésias, João Leitão, João Lopes, Manuel Dias, Manuel Silva, Mauricio Mota, Nelson Buiça, Paulo Teixeira, Pedro Pontes, Pedro Teixeira, Ricardo Araújo, Tiago Almeida e Tiago Santos

Galeria de

Magisters

Ricardo Araújo
Ricardo Araújo (2005 - 2007)
César Domingues
César Domingues (2007 - 2010)
António Marques
António Marques (2010 - 2012)
Vítor Ribeiro
Vítor Ribeiro (2012 - 2013)
José Alberto
José Alberto (2013 - 2015)
Filipe Almendra
Filipe Almendra (2015 - presente)